Escrito por yushuu

Review – Tsumitsuki

Como é que é pessoal, aqui quem fala é o Dr. M4st- Oh wait, apresentação errada. Enfim, dae. Vocês não sabem como é duro fazer post todo dia, fico o dia todo enrolando e vendo vídeo de Minecraft procurando conteúdo pra trazer pra vocês, e ainda fico jogando League of Legends escrevendo e editando os textos, é muito trabalho. Enfim, aproveitem! E ah, ontem o blog chegou a 1000 views! Quero agradecer a todos que me apoiaram até hoje, e claro, não chegaria “tão longe” sem os donos dos blogs parceiros, que divulgaram o nicemonkeyz. Não esqueçam de clicar no blogroll. Aproveitem o post!

Tsumitsuki conta a história de Takada Chinatsu, que se mudou para uma cidade onde tem uma lenda sobre demônios chamados Tsumitsuki, que possuem os sentimentos de culpa de uma pessoa sobre seus pecados. Assim que o demônio se manifesta, aqueles que são possuídos são devorados lentamente, tanto fisicamente quanto mentalmente. Assim que uma amiga de Takada começa a agir estranho, seu colega de classe Kuroe tenta ajudar… mas seus verdadeiros motivos estão escondidos atrás de uma máscara.

Primeiramente quero falar que não baixei o mangá com alguma indicação, eu simplesmente estava sem nada pra fazer e resolvi baixa-lo. E bom, até que conseguiu me surpreender… Um pouco. A história é extremamente interessante, uma lenda que corre numa cidade, demônios que possuem pessoas com culpa de seus pecados… Daria pra fazer um bom desenvolvimento nesse tema, certo? Aí que chega o primeiro ponto do mangá: isso não acontece. Digo, conseguem desenvolver, mas apenas até um certo ponto.

Mas vamos pensar novamente: o mangá possui apenas um volume, e isso foi suficiente para cobrir todos os capítulos. A história é boa, não desperdiçaram-na. Claro, poderiam ter prolongado mais, só que foi o suficiente para somente esse volume. A arte é algo que gostei muito também, abusaram (positivamente, claro) dos recursos de escuridão, que são mais que necessários no contexto do mangá, com o clima creepy que se envolve inteiramente na história, casando super bem com o tema, além de ter uma atenção especial nas cenas de “ação”.

A primeira coisa que conseguimos ver após o primeiro capítulo é a falta de desenvolvimento dos personagens. Sim, eles passam muito batidos, sem quaisquer detalhes. Se pensar bem, se não fosse por algum míseros momentos, você nem saberia onde passa a história. Há quantos cenários? Quatro, cinco? “Nossa tio yushuu, isso não é um grande ponto negativo que você adora ficar citando nas suas reviews?”. Err… não.

Acontece que essa “falta” de apresentação e descrição dos personagens e cenários não é algo necessário no mangá. O que acontece é que o foco é inteiramente direcionado à história, e não aos personagens. Você pode facilmente trocar os personagens por outros (inclusive confundi umas personagens, mas consegui identifica-las no final, mas enfim), menos, é claro, o personagem principal, que possui até uma historinha mas bem simplificada (que na verdade, ocorre mesmo no capítulo final, o zero).

O mangá, querendo ou não, é bem organizado em relação aos capítulos, com uma pequena introdução no universo do mesmo, “mistérios” sendo desenvolvidos, novas personagens sendo mostradas, explicação de acontecimentos e de histórias de personagens (como o principal, como disse anteriormente, no capítulo final, uma espécie de extra) e até mesmo coisas inesperadas acontecendo (quem leu vai saber de que momento eu falo). O gênero suspense envolve toda a história e rola um pouco de gore também.

Tsumitsuki possui apenas um volume com cinco capítulos, sendo que um (o zero) é apenas um extra, mostrando a história de Kuroe. O mangá foi lançado 2008 e terminado em 2009 (não achei com precisão as datas do lançamento e término). Claramente a análise ficou menor pelo mangá não ter tantos recursos para serem analisados, e por se tratar de apenas um volume único. E o primeiro review de mangá no blog!

2 ideias sobre “Review – Tsumitsuki

  1. Suzi

    Isso me lembrou alguns mangás da Yuki Midorikawa. Essa máscara me lembrou Akaku Saku Koe. Mas, claro que só lembra,porque esse mangá que você resenhou é muito sombrio.

    Resposta
    1. yushuu Autor do post

      Sim! Kitsune Masks são bem conhecidas (geralmente) em animes e mangás mais sombrios, pra deixar aquele clima de tensão, de “o que tem atrás da máscara”. Obrigado por comenta (:

      Resposta

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s